}

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

AOFA - A Remuneração dos Oficiais


Sem máscaras! Sem camuflagens! Sem mentiras! A habitual frontalidade e VERDADE da AOFA. Neste documento "A Remuneração dos Oficiais das Forças Armadas" os camaradas do ACTIVO e da RESERVA que de forma tão especialmente BRUTAL têm vindo a sentir os cortes permanentes nas suas remunerações poderão verificar a crueza dos números e dos COLOSSAIS cortes! Quanto aos camaradas na REFORMA e dada a perda total de referências, a dupla penalização (apenas aplicável aos Militares), a denominada "Contribuição Especial de Solidariedade", entre outros, não permite sequer elaborar um quadro deste tipo mas, como se sabe, o panorama é ainda pior o que constituirá certamente um AVISO MUITO SÉRIO aos camaradas do Activo e da Reserva sobre a forma como, a todos nós, Militares, tem sido dado um tratamento discriminatório extremamente negativo. 

http://www.aofa.pt/rimp/AOFA_Regime_Remuneratorio_Perdas_2010_2014.pdf

2 comentários:

  1. No posto de coronel e no que a mim me diz respeito é assim, em termos de pensão de reforma.

    Não estava bem, fiquei mal, porque até aos 75 anos, se for vivo, tenho de pagar a casa, é uma renda, e, ainda, benéfica, as rendas actuais são mais gravosas, ainda, tenho de suprir cerca de 25% da perda do vencimento do meu filho, o que torna este esbulho explosivo, inaceitável é um empobrecimento grave, revoltante.
    Será que também teremos de cortar ainda mais na alimentação, ou determinam que por imposição deles façamos greve de fome imposta pelo governo ou prolongados períodos de jejum e completo embrutecimento social e cultural.

    Caros Camaradas temos dizer NÂO! BASTA!

    andrade da silva

    ResponderEliminar
  2. Um muito grande BEM-HAJAM por tão meritório, esclarecedor e dificílimo trabalho. Reconhecidamente asilva.

    ResponderEliminar